Efeitos Neurotóxicos e Comportamentais da Inalação Direta de Crack por Ratos

Resumo: Apesar das inúmeras campanhas públicas que visam informar à população sobre os riscos do uso de drogas, seu abuso tem aumentado nas últimas décadas e representa um sério problema para a sociedade. De acordo com o relatório anual mundial sobre o uso de drogas do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime, bilhões de dólares são gastos anualmente na prevenção e tratamento de usuários de drogas em todo o mundo. Desde o aparecimento do crack na década de 1990, houve uma intensa disseminação do uso dessa droga, principalmente pelo baixo custo de aquisição e rapidez do efeito psicotrópico quando comparada ao uso da cocaína inalada pela via intranasal. Quando fumado, o crack produz partículas que são absorvidas rapidamente pelos pulmões, conduzindo imediatamente ao aparecimento dos efeitos. De fato, é uma droga bastante potente, com uma euforia que ocorre poucos segundos após a inalação. Um melhor entendimento dos aspectos neurobiológicos que expliquem o desenvolvimento rápido da adição e/ou as alterações cognitivas e moleculares decorrentes do uso do crack são imprescindíveis na busca de tratamentos efetivos para a dependência. Este projeto pretende explorar os efeitos da inalação da droga sobre uma série de aspectos moleculares, bioquímicos e comportamentais.

Data de início: 2015-06-01
Prazo (meses): 24

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Aluno Mestrado ELISA FRAGA GOMES
Aluno Mestrado INGRYD FORTES SOUZA LIPAUS
Coordenador Lívia Carla de Melo Rodrigues
Vice-Coordenador Ester Miyuki Nakamura Palacios
Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Marechal Campos, 1468 - Bonfim, Vitória - ES | CEP 29047-105