Influência dos organoestânicos e do mercúrio na função endócrina

Resumo: Os compostos organoestânicos (OTs), como o tributilestanho, são considerados uma das maiores ameaças silenciosas aos ecossistemas marinhos, podendo levar ao desenvolvimento da síndrome endócrina irreversível conhecida como imposex, cujo quadro resulta em masculinização e esterilidade em fêmeas, principalmente, de moluscos gastrópodes. Outro xenobiótico associado a uma contaminação ao longo das cadeias alimentares é o mercúrio (Hg). No Espírito Santo há alarmantes indícios bioquímicos desta contaminação, tornando-se urgente a realização de avaliações mais sistematizadas. Os efeitos tóxicos dos OTs e do Hg podem ser transferidos ao longo das teias alimentares, atingindo, inclusive, mamíferos terrestres, como seres humanos. Em roedores, dentre muitos malefícios, OTs e Hg induzem disfunções endócrinas, como na morfofisiologia das gônadas, nas ações dos hormônios ovarianos e adrenocorticais, no tamanho da hipófise, na função metabólica, como no desenvolvimento da obesidade, resistência à ação da insulina, no espermatogênese, etc. De forma que, esse estado endócrino pode ser devido a distúrbios nas enzimas esteroidogênicas, nos mecanismos de “feedback” anormais ao longo do controle hipotálamo-hipófise-glândula alvo, e/ou indiretamente em células/glândulas-específicas que são diretamente influenciado pelo (a) período de desenvolvimento, dose e tempo de exposição a este xenobiótico. Assim, nosso objetivo é estudar, em modelos animais, os efeitos endócrino-metabólicos da exposição ao tributilestanho e ao Hg na modulação ao longo do eixo hipotálamo-hipófise da glândula adrenal, trato reprodutivo, tecido adiposo branco, hepático e do pâncreas endócrino, pela disfunção ovariana induzida por estes xenobióticos.

Data de início: 2015-08-04
Prazo (meses): 36

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Aluno Mestrado PRISCILA LANG PODRATZ
Aluno Mestrado EDUARDO MERLO
Colaborador Dalton Valentim Vassallo
Coordenador Jones Bernardes Graceli
Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Marechal Campos, 1468 - Bonfim, Vitória - ES | CEP 29047-105