Avaliação da Indução de Estresse Oxidativo pelo Tributilestanho (TBT), sua Repercussão Sobre a Memória de Camundongos e nos Receptores Hormonais no Cérebro.

Resumo: Trabalhos recentes vêm demonstrando que os compostos organoestânicos são altamente tóxicos para mamíferos, apresentando efeitos sobre o sistema endócrino de humanos e roedores, além de serem teratogênicos. Neste trabalho, nosso objetivo será verificar se a exposição ao TBT está relacionada com o estresse oxidativo no hipocampo e no córtex pré-frontal (CPF) de camundongos, e se existe alguma alteração na memória espacial e na aprendizagem, sendo estes processos cognitivos associados às áreas cerebrais anteriormente citadas. Os animais serão divididos em 5 grupos, que receberão as substâncias por gavagem intragástrica: o grupo controle, que receberá solução etanólica 0,1%, e quatro grupos que receberão uma solução etanólica de TBT, nas doses de 100ng/kg, 250ng/kg, 500ng/kg e 750ng/kg.Será realizado um teste histológico para avaliar o estresse oxidativo no hipocampo e CPF. Será feita a dosagem hormonal do sangue dos animais e a extração de proteínas do tecido cerebral, bem como a identificação destas através da técnica de imunoblotting. As avaliações comportamentais serão feitas utilizando o teste de reconhecimento de objetos.

Data de início: 2014-06-01
Prazo (meses): 96

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Coordenador Lívia Carla de Melo Rodrigues
Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Marechal Campos, 1468 - Bonfim, Vitória - ES | CEP 29047-105