Avaliação dos efeitos temporais do tratamento com acetato de chumbo sobre os parâmetros arteriais de ratos

Resumo: A relação causal entre exposição ao chumbo e aumento da pressão sanguínea é bem documentada em estudos populacionais e experimentais. Entretanto o meio científico carece de maiores evidências dos efeitos do chumbo nos parâmetros cardiovasculares, ainda mais no que diz respeito a estudos que avaliem os mecanismos inicialmente envolvidos no aumento da pressão. O objetivo do presente estudo será investigar os efeitos sobre os parâmetros arteriais e função ventricular direita e esquerda de ratos expostos ao chumbo, em água de beber durante 7, 15 e 30 dias (100 ppm de acetato de chumbo), avaliando estes parâmetros na presença e ausência do losartan e do enalapril, assim como a atividade da enzima conversora de angiotensina (ECA) e a concentração sanguínea deste metal.
Serão utilizados ratos Wistar que serão divididos em dois grupos, um tratado com acetato de chumbo (7, 15 e 30 dias) e outro grupo controle que receberá água destilada. Depois de separados os grupos, será avaliada a pressão arterial através da pletismografia (medida indireta na artéria caudal), antes do início dos tratamentos e após a finalização dos mesmos.. Os grupos controle e tratado serão anestesiados e submetidos à cirurgia de cateterização da artéria carótica e a veia jugular (infudir drogas), a fim de averiguar os seguintes parâmetros: pressão arterial sistólica (PAS), pressão arterial diastólica (PAD), pressão arterial média (PAM), freqüência cardíaca (FC), pressão sistólica do ventrículo esquerdo (PSVE), pressão diastólica do ventrículo esquerdo (PDVE), pressão sistólica do ventrículo direito (PSVD), pressão diastólica do ventrículo direito (PDVD) e as derivadas temporal. Estes parâmetros serão avaliados antes e após a infusão do losartan e/ou enalapril (30 minutos) nos ratos dos grupos Controle e Tratado, na intenção de avaliar a participação do sistema renina angiotensina na resposta pressora produzida pelo tratamento com chumbo. O sangue será coletado após tratamento.

Data de início: 2010-03-08
Prazo (meses): 24

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Aluno Doutorado Mirian Fioresi
Aluno Mestrado Maylla Ronacher Simões
Colaborador Ivanita Stefanon
Coordenador Alessandra Simao Padilha
Vice-Coordenador Dalton Valentim Vassallo
Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Marechal Campos, 1468 - Bonfim, Vitória - ES | CEP 29047-105