Efeitos da exposição crônica ao acetato de chumbo sobre os parâmetros cardiovasculares de ratos

Resumo: Estudos populacionais e experimentais têm demonstrado uma relação causal entre concentração sanguínea de chumbo e aumento da pressão sanguínea. Entretanto são escassos os estudos que avaliam o comprometimento cardíaco da exposição a este metal.
Considerando a carência de estudos dos efeitos do chumbo sobre a contratilidade miocárdica, o objetivo do trabalho será avaliar os efeitos cardiovasculares da exposição crônica ao chumbo (100 ppm de acetato de chumbo, por 15, 30 e 60 dias).
Os animais (ratos Wistar) serão anestesiados e submetidos à cirurgia de cateterização dos ventrículos para mensuração dos seguintes parâmetros hemodinâmicos: pressão sistólica intraventricular , derivada de pressão intraventricular positiva (+) e negativa (-) e freqüência cardíaca.
A contratilidade miocárdica será avaliada pela técnica de Langendorff e em músculos papilares. Serão analisados: o inotropismo cardíaco, os parâmetros temporais, a atividade funcional do retículo sarcoplasmático, a permeabilidade da membrana sarcoplasmática ao cálcio e a responsividade das proteínas contráteis.
Ainda, serão mensurados: atividades da Na+-K+-ATPase (NKA) e Ca2+-ATPase miosínica cardíacas; estresse oxidativo; expressão protéica (da bomba de cálcio do retículo, do fosfolambam, das isoformas eNOS e iNOS e das subunidades α1 e α2 da bomba de sódio e potássio); concentração sanguínea de chumbo. Ainda será realizada a análise histológica.

Data de início: 2008-08-08
Prazo (meses): 24

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Aluno Doutorado Mirian Fioresi
Aluno Mestrado Maylla Ronacher Simões
Coordenador Alessandra Simao Padilha
Pesquisador Dalton Valentim Vassallo
Pesquisador Ivanita Stefanon
Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Marechal Campos, 1468 - Bonfim, Vitória - ES | CEP 29047-105