Credenciamento de docentes

Norma geral da UFES (Credenciamento e Recredenciamento de Docentes):Os docentes dos Programas de Pós-graduação devem produzir trabalhos científicos e tecnológicos de valor comprovado de acordo com os critérios estabelecidos pelos órgãos internos e externos de acompanhamento e avaliação da Pós-graduação.
Os docentes devem estar cadastrados na Plataforma Lattes do CNPq e devem manter seu Currículo Lattes atualizado, informando sua produção científica e tecnológica no mínimo duas vezes por ano (até 30 de junho e até 31 de dezembro).
Os docentes de Programas de Pós-graduação são classificados em duas categorias: Professores Permanentes e Professores Colaboradores.
Após a criação do Programa de Pós-graduação, a inclusão, o desligamento e a categorização dos professores que fazem parte do corpo docente deverão ser aprovadas pelo Colegiado Acadêmico respectivo.
Os critérios de permanência e categorização dos docentes deverão ser estabelecidos no Regimento Interno de cada Programa, levando em consideração as diretrizes de sua área de avaliação da CAPES.
A categorização dos docentes se dará anualmente.
O ato de solicitação de adesão de um docente a um Programa de Pós-graduação será formalizado pelo preenchimento do Termo de Concordância para “Participação em Curso de Pós-graduação” previsto nos Anexos I e II do Regulamento Geral de Pós-Graduação.

Norma do Programa para o Credenciamento e Recredenciamento de Docentes:

CRITÉRIOS PARA CREDENCIAMENTO DE PROFESSORES PERMANENTES E COLABORADORES NO COLEGIADO ACADÊMICO DO PPGCF - 12/06/2012
Em reunião ordinária do colegiado acadêmico do PPGCF do dia 12 de Junho de 2012 foram deliberadas e aprovadas normas para credenciamento de novos Professores Permanentes e Colaboradores do PPGCF. Estas normas estão embasadas no Regimento Interno do PPGCF e nas atuais recomendações da coordenação de área das Ciências Biológicas II da CAPES.
1. SOLICITAÇÃO DE INCLUSÃO NO COLEGIADO ACADÊMICO DO PPGCF:
1.1 A solicitação de inclusão no colegiado acadêmico deverá ser encaminhada para o coordenador do PPGCF por meio de protocolado, descrevendo em qual subárea do PPGCF pretende atuar (Fisiologia Cardiovascular ou Neurociências) assim como a linha de pesquisa à qual pretende se agregar ou se pretende implantar nova linha de pesquisa. Nesta solicitação informar qual contribuição o novo membro irá trazer para o programa ao se incluir em linhas já existentes. Caso a linha de pesquisa seja nova, justificar a necessidade de implantação e descrever sua experiência prévia na mesma.
1.2 O coordenador fará o encaminhamento da solicitação para uma comissão de avaliação responsável por analisar o pedido e elaborar parecer a ser discutido e votado pelo colegiado do PPGCF. Cabe ao colegiado acadêmico decidir se o novo professor será agregado ou não ao PPG e em qual condição (permanente ou colaborador).
2
1.3 A avaliação da produção científica do interessado será feita pela análise do CV Lattes do interessado, olhando-se sempre a produção no triênio anterior ao pedido de credenciamento no PPGCF.
2. AVALIAÇÃO DO PROFESSOR PERMANENTE E DO PROFESSOR COLABORADOR
2.1 Assim como os demais docentes do PPGCF, a produção científica do novo membro será avaliada anualmente para fins de abertura de vagas para mestrado e doutorado.
2.2 O professor colaborador poderá abrir uma (01) vaga por ano para aluno de mestrado. A orientação de aluno de doutorado será permitida apenas para o professor permanente.
2.3 A permanência de professores colaboradores e permanentes no colegiado acadêmico estará sujeita ao cumprimento das normas descritas no regimento interno do PPGCF.
2.4 O credenciamento inicial na condição dos professores colaboradores será feita pelo prazo de 3 anos. Após esse período será feita análise de suas atividades no PPGCF e o colegiado acadêmico analisará a situação de cada professor colaborador, podendo o mesmo passar para a condição de permanente ou ser descredenciado do programa, ressalvando-se os direitos de alunos que, no momento da análise, estiverem sob orientação do mesmo.
3. PRINCIPAIS ITENS A SEREM AVALIADOS: 3.1 PRODUÇÃO BIBLIOGRÁFICA A produção válida neste item deve ser da área de Ciências Biológicas II ou com equivalência para esta área a ser julgado por este colegiado.
PROFESSOR PERMANENTE:
3
3.1.1 Ter, no mínimo, 03 artigos no triênio como autor principal (primeiro autor ou autor correspondente) publicados em periódicos com Qualis ≥ a B2 ou Fator de Impacto ≥ 2,0.
PROFESSOR COLABORADOR:
3.1.2 Ter, no mínimo, 01 artigo no triênio como autor principal (primeiro autor ou autor correspondente) publicado em periódico com Qualis ≥ a B2 ou Fator de Impacto ≥ 2,0.
3.2 FORMAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS:
3.2.1 Ter orientado ou estar orientando pelo menos um aluno de PIBIC ou PIVIC no triênio.
3.2.2 Ter orientado ou co-orientado ou estar orientando/co-orientando pelo menos um aluno de mestrado ou doutorado (comprovado por carta do orientador oficial do aluno no PPGCF).
Critério mínimo em formação de recursos humanos para as modalidades de professor permanente e colaborador: atender pelo menos 1 dos itens acima
3.3 VIABILIDADE DE DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS (FOMENTO A PESQUISA):
PROFESSOR PERMANENTE:
3.3.1 Captação de recursos como coordenador de projeto financiado
3.3.2 Estar associado a um laboratório que possua apoio financeiro e que possa dar apoio ao projeto de pesquisa do solicitante. Apresentar anuência do coordenador do laboratório.
Critério mínimo em fomento: atender aos dois itens acima.
PROFESSOR COLABORADOR
3.3.3 Captação de recursos como coordenador de projeto ou colaborador em projeto financiado.
4
3.3.4 Estar associado a um laboratório que possua apoio financeiro e que possa dar apoio ao projeto de pesquisa do solicitante. Apresentar anuência do coordenador do laboratório.
Critério mínimo em fomento: atender a pelo menos 1 dos itens acima.

ANEXO I
PRODUÇÃO NO ÚLTIMO TRIÊNIO:
( ) Autoria de artigo completo em periódico Qualis A1
( ) Autoria de artigo completo em periódico Qualis A2
( ) Co-autoria de artigo completo em periódico Qualis A1
( ) Co-autoria de artigo completo em periódico Qualis A2
( ) Autoria de artigo completo em periódico Qualis B1
( ) Autoria de artigo completo em periódico Qualis B2
( ) Autoria de artigo completo em periódico Fator de Impacto ≥ 2,0
(não incluir as produções já consideradas acima)
( ) Co-autoria de artigo completo em periódico Fator de Impacto ≥ 2,0
(não incluir as produções já consideradas acima)
( ) Orientaçao de aluno de IC
( ) Co-Orientação de aluno de IC
( ) Orientação de aluno de Mestrado
( ) Co-Orientação de aluno de Mestrado
( ) Orientação de aluno de Doutorado
( ) Co-Orientação de aluno de Doutorado
( ) Coordenador de projeto de pesquisa financiado por órgãos de fomento a pesquisa
( ) Colaborador de projeto de pesquisa financiado por órgãos de fomento a pesquisa

Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Marechal Campos, 1468 - Maruípe, Vitória - ES | CEP 29043-900